21 dias de Jejum – 15º Dia

Viviane Freitas

  • 7
  • Out
  • 2013

21 dias de Jejum – 15º Dia

  • 7
  • Out
  • 2013

O justo de Deus

Olá a todos os internautas. Hoje já é o 15º Dia do Jejum. Muitas pessoas estão a ser batizadas com o Espírito Santo, e outras a ser renovadas. E quanto a si, que ainda não foi batizada ou renovada, então é porque ainda existem reservas.

Vamos ler sobre algo que me chamou muito a atenção:


“Porque, ainda dentro de pouco tempo, aquele que vem virá e não tardará; todavia, o meu justo viverá pela fé…”
(Hebreus 10:37,38)

O Senhor Jesus está prestes a vir buscar a Sua Igreja, mas quem é o “justo” de Deus? Quem é aquele do qual Deus se agrada?

Não é quem é perfeito, pois não existirá qualquer perfeição em nós, mas aquele que vive pela fé. Este é o “justo” de Deus!

E viver pela fé, não se relaciona com fé emotiva, mas viver na Sua total dependência. Isto é ser justo e verdadeiro.

Imagine: Se vive baseada em sentimentos, você não crê!

Não mostramos crença, obediência, submissão e cuidado para com as Palavras do Senhor Jesus. O que existe, sim, é uma fé religiosa: Faz o que tem que ser feito na Igreja, ora, dá o dízimo, as suas ofertas, mas, lá fora, diante das circunstâncias ou obstáculos, vive de acordo com os mesmos, e não pela fé.

Mesmo sujeitos a sentimentos, quando estamos na fé, permanecemos em vigilância. Por isso é que o “justo vive pela fé”, e não preocupado ou baseado em sentimentos ou circunstâncias.

Quando estou a ser verdadeira, sincera, há paz e certeza do amanhã. Não existe intranquilidade ou dúvida de que Deus proverá aquilo que é necessário.

Mas, se há dúvida, é sinal de que não houve uma entrega total.

Viver pela fé é não tentar fazer da sua segurança ou suposta organização, uma forma de deter o controlo. Quando vive pela fé, vive como o vento: Onde Deus lhe mandar, você é capaz de obedecer.

Às vezes existem situações difíceis, no meio do caminho, mas aquilo não lhe tira a paz. Pode, no momento, ser acometida pelo medo, pela dúvida, mas quando se é “justo” para Deus, apega-se a Ele, remove esses sentimentos, através da fé, fazendo uso da sua crença. É a isto que se chama viver pela fé!

E você, amiga, que está neste mesmo espírito, de viver pela fé, a sua vida jamais será igual… Não mais será religiosa, com as mesmas falas, sempre da mesma forma, não! Haverá algo novo. E quando se fala em renovar, lembro-me de alguém que conheço “pessoalmente”: É o meu pai! Ele está com 68 anos, mas o espírito dele nunca se abate. E mesmo tendo passado por profundas águas, sempre se renova.

Certa vez, disse a algumas pessoas, que o Espírito Santo é jovem. Porquê? Porque Ele não vive do passado.

Sabe quando não há nada de novo, nem mesmo o que falar? Repete palavras, muitas vezes, o que aprendeu, mas que não viveu… Isto, porque não se renovou.

Quando existe esta renovação, torna-se jovem, no seu espírito. Está disponível sempre para vivenciar algo novo com Deus.

Eu dou graças a Deus por fazer parte da Igreja Universal, pois esta é liderada pelo Espírito Santo. E Ele usa o bispo Macedo, mesmo com 68 anos, para transmitir esse espírito. Ao contrário de pessoas, com muitos anos de Igreja, cujo espírito está abatido, pois não se renovam.

O Espírito Santo não é repetitivo, mas concede uma vida nova. Estou a dizer-lhe também o que sucede comigo, pois, a cada ano, acontece algo novo.

Não significa que tenha palavras novas no seu vocabulário. Não! Digo isto no sentido de uma vida nova; de ter vida dentro de si, passando pelas experiências através da fé, e permanecendo firme.

Não importam as circunstâncias e momentos difíceis, pois estes não a abatem, tornando-a uma pessoa amargurada, maliciosa, sentimental.

O Espírito Santo fá-la olhar para as pessoas, mesmo que a prejudiquem, e vê-las com bons olhos. Está com a vida nas mãos de Deus e, por isso, permanece em paz, com a consciência limpa em relação ao que fez ou falou, pois vive pela fé.

Mesmo passando por dificuldades, são estas que nos fazem apegar a Deus e depender d’Ele. Este é o justo, pois Ele não afirma que o seu “justo” é perfeito, e que não peca. Ele afirmou que o Seu justo viveria pela fé!

Ficamos por aqui. Até amanhã!

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

59 Comments

  1. Bom dia D.Viviane, quando vivemos pela fé somos livres…bjs

    Ver mais
  2. Entendi com esse audio que a minha fé e confiança em Deus não pode estar baseada em algo polpavél, circunstancias favoráveis,enfim coisas que uma fé emotiva traz, eu não preciso de nada disso, eu tenho é que me entregar e confiar em Deus, so assim posso viver em novidade de vida, a fé que agrada a Deus.

    Ver mais
  3. Olá d.Vivi.

    Quem vive pela Fé vive em novidades de vida, e essa renovação eu tenho que buscar todos os dias, porque o Espírito Santo é actual.

    Beijinhos.

    Ver mais
  4. Olá D. Viviane

    O Espirito Santo é movimento, por isso está em constante renovação, e é essa renovação que eu quero que exista em mim todos os dias e neste jejum tem acontecido isso.

    Como Deus é maravilhoso e o Seu cuidado é extremo.

    Bjs !

    Ver mais
1 8 9 10