11º Dia – O que acontece com quem crê e com quem não crê?

Viviane Freitas

  • 20
  • Jun
  • 2014

11º Dia – O que acontece com quem crê e com quem não crê?

  • 20
  • Jun
  • 2014




“Quem nele crê não é julgado; o que não crê já está julgado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. O julgamento é este: que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz; porque as suas obras eram más. Pois todo aquele que pratica o mal aborrece a luz e não se chega para a luz, a fim de não serem arguidas as suas obras. Quem pratica a verdade aproxima-se da luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque feitas em Deus.”
(Jo.3:18-21)

Quem n’Ele crê, não é julgado!

Se você crê e exercita a sua fé, não se sente condenado, não se baseia na fé emotiva ou fica triste. Pelo contrário, mesmo que encontre erros, há uma certeza no seu interior que os resolverá, pois Deus está consigo, uma vez que está a exercitar a sua fé, participa de propósitos, etc.

Agora, quem não crê, já está julgado!

Sente-se condenada, frustrada, vive um verdadeiro inferno. E esta pode ser uma realidade, mesmo para quem está na Igreja! Porque não usa a fé, sente-se desmotivada, acusada. O diabo fala, e ouve-o mais do que a Deus!

“… porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.”


“Essa pessoa, que já está julgada, pela sua falta de atitude e entrega, na realidade, não crê na força que tem o nome de Jesus.”

Sente-se condenada, porque há luz, e esta mostra-lhe o que deve fazer. A luz separa o que é certo e errado e faz uma divisão, mas “os homens amam mais as trevas do que a luz.”

Por isso, prefere o erro, o engano, a ilusão, a mentira… tudo o que está de errado. Embora reconheça que o que tem apresentado é mau, não vê a luz como uma oportunidade, mas uma ofensa. Fica incomodada!

Eu já lidei com tantas pessoas, a quem eu tenho falado de Deus, que afirmam: “Eu não gostava de a ouvir, incomodava-me.” Na realidade, era a luz que se apresentava, mas, como sabiam que as suas obras eram más, não queriam deixar o erro. Preferem enganar, gostam da lascívia! Gostam de olhar para um rapaz e desejá-lo, quando não devem fazê-lo; gostam de se expor, para chamar a atenção, quando sabem que é errado; gostam de fazer a sua vontade, quando sabem que esta não é a resposta.

Quando preferem fazer a sua vontade, a luz incomoda, mas quando se aborrecem das trevas, e têm prazer com a luz, que lhes revela o que está errado, aí sim, é diferente!

“Quem pratica a verdade aproxima-se da luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque feitas em Deus.”

A pessoa não tem receio do que vê, daquilo que está de errado consigo, porque quer consertar-se, sendo justa para Deus. Não quer permanecer nos erros, mas enxergá-los e resolvê-los, para apresentar a Ele uma oferta viva; a sua vida como sacrifício vivo, constantemente.

O que decide? Crer e permitir que essa luz venha ao seu encontro para resolver tudo o que está de errado, e partir para a mudança? Ou escolhe não crer, aborrecendo-se do que tem de fazer certo?

Então, resolva a sua vida. Quem crê, não será condenada, pela manifestação da sua fé! Vai aproximar-se da luz e sentir-se-á bem consigo mesma; será outra pessoa.

Muitas pessoas dizem que querem a verdade, mas quando a ouvem, sentem-se ofendidas e incompreendidas. Quando ouvir a verdade, reflita, não aja pelo sentimento, mas pela fé inteligente.

Você pratica a verdade, aproximando-se da luz!

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

269 Comments

  1. Eu vivia pelas minhas vontades e quebrei muito a minha cara. Hoje quero a vontade de Deus, quero a verdade a luz!!

    Ver mais
  2. Como temos limite de caracteres, deixo a minha resposta num link.

    http://cafehistoria.ning.com/profiles/blogs/a-cren-a-em-deus

    Ver mais
  3. A perseverança faz toda a diferença quando fazemos a vontade de Deus, Ele pode nos usar, e é algo prazeroso , não só ver a felicidade no rosto das pessoas, e prazeroso!
    Rush2016- ( Lisboa)

    Ver mais
  4. Eu decido pela verdade, pois tenho certeza que ela não irá doer mais do que o engano que o mal me causou! A mentira que vivemos nesse mundo! Vou buscar a verdade de Deus!

    Ver mais
  5. Boa noite sra. Viviane:

    Agora eu eu quero andar na luz porque eu quero ser luz e iluminar com a minha vida, com o minimo de palavras os sofridos e os que estão a minha volta.
    Eu quero estar luz e andar na luz .ao ouvi -la lembrei me de esta historia que li a muito tempo atras. sobre a aguia “A HISTÓRIA DE RENOVAÇÃO DA ÁGUIA
    Renovação da Águia é uma das histórias/lendas mais conhecida e que muito pode tocar o ser humano pela resistência de mudanças necessárias durante o ciclo da vida. Não tenha medo da vida, ela é uma dádiva de Deus e devemos aproveitá-la ao máximo. Helena Ribeiro
    A Águia é a ave que possui a maior longevidade da espécie. Vive cerca de 70 anos.
    Porém, para chegar a essa idade, aos 40 anos, ela precisa tomar uma séria e difícil decisão.
    Aos 40 anos de idade, suas unhas estão compridas e flexíveis e já não conseguem mais agarrar as presas das quais se alimenta.
    O bico, alongado e pontiagudo se curva, suas asas tornam-se pesadas em função da grossura de suas penas, estão envelhecidas pelo tempo.
    Já se passaram 40 anos do dia em que a jovem águia lançou vôo pela primeira vez.
    Hoje, para a experiente águia, voar já é bem difícil!
    Nessa situação a águia só tem duas alternativas:
    Deixar-se morrer…ou enfrentar um doloroso processo de renovação que irá durar 150 dias.
    Esse processo consiste em voar para o alto de uma montanha e lá se recolher em um ninho que esteja próximo a um paredão.
    Um local Seguro de outros predadores e de onde, para retornar, ela necessite dar um vôo firme e pleno.
    Ao encontrar esse lugar, a águia começa a bater o seu bico contra a parede até conseguir arrancá-lo, enfrentando, corajosamente, a dor que essa atitude acarreta. Pacientemente, espera o nascer de um novo bico, com o qual irá arrancar as suas velhas unhas.
    Com as novas unhas ela passa a arrancar as velhas penas.
    Após cinco meses, “Esta Renascida”, sai para o famoso vôo de renovação, certa da vitória e de estar preparada para viver, então, por mais 30 anos.
    Muitas vezes, em nossas vidas, temos que parar e refletir por algum tempo, e dar início a um processo de renovação.
    Devemos nos desprender dos pré-conceitos, dos maus costumes, de tudo aquilo que não é mais útil ou importante, para continuarmos a voar. Um vôo de vitória.
    Somente Quando livres das barreiras e pesos do passado, poderemos aproveitar o resultado valioso que uma renovação sempre traz.
    Destrua o bico do ressentimento, arranque as unhas do medo, retire as velhas penas de suas asas, permitindo o fluir de novos pensamentos.
    Alce um lindo vôo para uma nova vida de sonhos e realizações.
    Tenha sempre uma meta: “Voe alto e seja Feliz”
    “Autor desconhecido”

    Se a águia passa por esse processo para se renovar porque eu vou meter entraves ao meu?!

    Deus a abençoe e a guarde, Sra. Viviane.

    Ver mais
  6. oi D.Vivi eu quero é saber da verdade .Não quero mais ficar preocupada com que os outros vão pensar de mim , porque durante minha vida inteira eu fiz isso e o que eu ganhei … nada . Agora vou partir para a mudança .
    O que me chamou mais atenção foi quando a senhora leu aquele versículo que diz : que quem pratica a verdade se aproxima da luz , que é Deus , é muito forte eu posso não estar vendo ainda mais estou me aproximando D’Ele .

    Ver mais
1 42 43 44