11º Dia – O que acontece com quem crê e com quem não crê?

Viviane Freitas

  • 20
  • Jun
  • 2014

11º Dia – O que acontece com quem crê e com quem não crê?

  • 20
  • Jun
  • 2014




“Quem nele crê não é julgado; o que não crê já está julgado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. O julgamento é este: que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz; porque as suas obras eram más. Pois todo aquele que pratica o mal aborrece a luz e não se chega para a luz, a fim de não serem arguidas as suas obras. Quem pratica a verdade aproxima-se da luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque feitas em Deus.”
(Jo.3:18-21)

Quem n’Ele crê, não é julgado!

Se você crê e exercita a sua fé, não se sente condenado, não se baseia na fé emotiva ou fica triste. Pelo contrário, mesmo que encontre erros, há uma certeza no seu interior que os resolverá, pois Deus está consigo, uma vez que está a exercitar a sua fé, participa de propósitos, etc.

Agora, quem não crê, já está julgado!

Sente-se condenada, frustrada, vive um verdadeiro inferno. E esta pode ser uma realidade, mesmo para quem está na Igreja! Porque não usa a fé, sente-se desmotivada, acusada. O diabo fala, e ouve-o mais do que a Deus!

“… porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.”


“Essa pessoa, que já está julgada, pela sua falta de atitude e entrega, na realidade, não crê na força que tem o nome de Jesus.”

Sente-se condenada, porque há luz, e esta mostra-lhe o que deve fazer. A luz separa o que é certo e errado e faz uma divisão, mas “os homens amam mais as trevas do que a luz.”

Por isso, prefere o erro, o engano, a ilusão, a mentira… tudo o que está de errado. Embora reconheça que o que tem apresentado é mau, não vê a luz como uma oportunidade, mas uma ofensa. Fica incomodada!

Eu já lidei com tantas pessoas, a quem eu tenho falado de Deus, que afirmam: “Eu não gostava de a ouvir, incomodava-me.” Na realidade, era a luz que se apresentava, mas, como sabiam que as suas obras eram más, não queriam deixar o erro. Preferem enganar, gostam da lascívia! Gostam de olhar para um rapaz e desejá-lo, quando não devem fazê-lo; gostam de se expor, para chamar a atenção, quando sabem que é errado; gostam de fazer a sua vontade, quando sabem que esta não é a resposta.

Quando preferem fazer a sua vontade, a luz incomoda, mas quando se aborrecem das trevas, e têm prazer com a luz, que lhes revela o que está errado, aí sim, é diferente!

“Quem pratica a verdade aproxima-se da luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque feitas em Deus.”

A pessoa não tem receio do que vê, daquilo que está de errado consigo, porque quer consertar-se, sendo justa para Deus. Não quer permanecer nos erros, mas enxergá-los e resolvê-los, para apresentar a Ele uma oferta viva; a sua vida como sacrifício vivo, constantemente.

O que decide? Crer e permitir que essa luz venha ao seu encontro para resolver tudo o que está de errado, e partir para a mudança? Ou escolhe não crer, aborrecendo-se do que tem de fazer certo?

Então, resolva a sua vida. Quem crê, não será condenada, pela manifestação da sua fé! Vai aproximar-se da luz e sentir-se-á bem consigo mesma; será outra pessoa.

Muitas pessoas dizem que querem a verdade, mas quando a ouvem, sentem-se ofendidas e incompreendidas. Quando ouvir a verdade, reflita, não aja pelo sentimento, mas pela fé inteligente.

Você pratica a verdade, aproximando-se da luz!

Deixe uma mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

272 Comments

  1. Não posso querer ser hipócrita e achar que pratico a verdade, na verdade nesses dias e até antes Deus já havia me falado algumas coisas mas eu preferi as trevas, as minhas vontades achando que aquilo era o melhor pra mim que eu tinha o direito de sentir e praticar determinadas coisas e o que acontecia era que não estava crendo que O Senhor Jesus pode me libertar disso de tudo que me aflige e me impede de ser uma com Ele.

    Ver mais
  2. Sim eu creio!e amo prática a verdade,obedece,e nessa prática Deus sempre ta me mostrando onde estou errando,e através da sabedoria que Ele me da,vou e conserto.

    Ver mais
  3. Amén dona, assim será.

    Ver mais
1 43 44 45